Reprodução/Facebook
Reprodução/Facebook

Dez pilotos da Fórmula 1 já venceram as 500 Milhas de Indianápolis

Desde campeões mundiais até nomes com passagem pouco expressiva conquistaram o sucesso no circuito oval

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

27 Maio 2017 | 19h00

A mesma incursão nos ovais americanos que será arriscada por Fernando Alonso, neste domingo, já foi feita por dezenas de outros pilotos da Fórmula 1. O espanhol bicampeão do mundo com a Renault em 2004 e 2005 tenta se inspirar nos exemplos de dez antigos competidores da F-1 que conseguiram vencer as 500 milhas da Indianápolis em edições anteriores. 

1965 - Jim Clark

O escocês bicampeão mundial de Fórmula 1 teve a mesma atitude de Fernando Alonso, ao abrir mão do GP de Mônaco e optar pelas 500 milhas de Indianópolis. O piloto vencer a prova americana na terceira tentativa.

1966 - Graham Hill

O inglês conciliou a carreira de dois títulos mundiais na Fórmula 1 com passagens vitoriosas nas 24 Horas de Le Mans e nas 500 milhas de Indianápolis, prova que disputou três vezes e ganhou logo na primeira disputa.

1969 - Mario Andretti

O americano iniciava carreira na Fórmula 1 quando em uma das suas 29 largadas nas 500 milhas, obteve o primeiro lugar. Anos depois, em 1978, ele conquistou o título da principal categoria do automobilismo, com a Lotus.

1972 - Mark Donohue

Com uma carreira abreviada pelo acidente fatal em 1978, o americano de apenas 14 corridas na Fórmula 1 conseguiu ser mais marcante nas 500 milhas de Indianápolis. Em cinco provas no oval, ele foi o segundo em 1970 e o vencedor, dois anos depois.

1985 - Danny Sullivan 

Apesar de ter se frustrado na única temporada na F-1, com dois pontos marcados em 1983, o americano se deu bem em Indianápolis dois anos depois, ao vencer após evitar uma forte batida no muro enquanto rodou em uma das curvas.

1989 e 1993 - Emerson Fittipaldi

O brasileiro bicampeão mundial de F-1 estreou na Indy em 1984 e conquistou duas vitórias em Indianápolis. Na primeira vez, a conquista lhe ajudou a terminar como o campeão da temporada e na outra, o primeiro lugar veio depois de uma disputa acirrada com Nigel Mansell.

1995 - Jacques Villeneuve 

Antes de ser campeão mundial de Fórmula 1, em 1997, o canadense experimentou a glória da Indy. Dois anos antes, ganhou a temporada e a prova em 1995, ao superar o brasileiro Christian Fittipaldi, o segundo colocado.

1998 - Eddie Cheever 

O americano com mais corridas pela Fórmula 1, 132, voltou ao automobilismo do seu país na década de 1990. Já aos 40 anos, em 1998, ganhou as 500 milhas de Indianápolis na nova tentativa e a bordo do carro da própria equipe, a Team Cheever.

2000 e 2015 - Juan Pablo Montoya

O colombiano de estilo arrojado de pilotagem está na segunda passagem pela Indy. Na primeira, ganhou a prova em Indianápolis e se credenciou para disputar seis temporadas na F-1. Após voltar aos Estados Unidos, retomou os bons resultados nos ovais e ganhou de volta as 500 milhas, em 2015.

2016 - Alexander Rossi

Após disputar apenas cinco corridas na Fórmula 1 e sem bons resultados, o americano ganhou e venceu na estreia nas 500 milhas. No ano passado, Rossi surpreendeu os favoritos e conseguiu cruzar a linha de chegada com o combustível quase no limite.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.