Di Grassi admite que errou no treino de classificação

Lucas di Grassi destacou neste sábado a evolução da Virgin no treino de classificação para o GP da Austrália de Fórmula 1. Mas apesar da melhora, o brasileiro reconheceu que errou em sua volta rápida, o que o fez terminar apenas na 22.ª colocação, uma atrás de seu companheiro Timo Glock.

AE, Agência Estado

27 de março de 2010 | 13h15

"Estava tudo bem para mim, o carro estava muito bem ajustado. Certamente havia uma melhora. Mas não consegui maximizar o desempenho do meu carro na classificação e cometi um erro na minha volta rápida", reconheceu o piloto brasileiro neste sábado.

Mesmo largando da antepenúltima colocação, Di Grassi revelou que espera fazer uma boa corrida. "Estou ansioso para a corrida, o carro está se comportando muito bem com combustível pesado", avaliou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.