Divulgação
Divulgação

Di Grassi celebra vitória inesquecível na abertura da Fórmula E

Piloto brasileiro é o primeiro da história a ganhar uma prova em competição de carros elétricos, pela abertura da temporada

O Estado de S. Paulo

15 Setembro 2014 | 14h28

O piloto Lucas di Grassi mal teve tempo de comemorar a vitória no GP de Pequim, de Fórmula E. O brasileiro se tornou o primeiro a ganhar uma prova na nova categoria de carros elétricos e nesta segunda-feira, dois dias depois da largada, já embarcou para os Estados Unidos, onde vai disputar uma etapa do FIA WEC (Mundial de Endurance), com a sensação de ter vivido um dos momentos mais especiais da carreira.

"(A vitória) entra na lista dos meus melhores momentos dentro da pista em toda minha carreira. Estive envolvido no desenvolvimento da Fórmula E desde o comecinho e me preparei intensamente para o fim de semana", disse o piloto. Lucas di Grassi ganhou a etapa inaugural da categoria no último sábado e lidera o campeonato.

O paulistano de 30 anos entrou para história do automobilismo ao ser o primeiro vencedor de uma prova disputada somente com carros elétricos. A nova categoria tem como principal desafio para os pilotos saber dosar a potência do motor. "Na Fórmula E nós temos apenas uma quantidade limitada de energia disponível que temos de gerenciar por toda a corrida", explicou. Na corrida, Di Grassi subiu ao pódio seguido pelo francês Franck Montagny e pelo britânico Sam Bird.

Apesar do feito, o piloto não conseguiu festejar a vitória junto com a equipe. No próximo fim de semana, di Grassi disputa a etapa das 6h de Austin, pelo Mundial de Endurance. A corrida seguinte do calendário da Fórmula E será em Putrajaya, na Malásia, dia 22 de novembro, quando o brasileiro aguarda repetir o feito de Pequim, que foi o de ganhar apostando no esforço coletivo da escuderia. "Um trabalho de equipe perfeito e a eficiência na pilotagem e na condução de todas as tarefas são particularmente importantes neste primeiro momento", explicou.

Mais conteúdo sobre:
velocidade Fórmula E Lucas di Grassi

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.