Di Grassi demonstra satisfação com resultado de teste

O brasileiro Lucas Di Grassi demonstrou satisfação com os resultados dos testes deste sábado da Fórmula 1. O piloto completou 63 voltas no circuito espanhol de Jerez de La Frontera no quarto e último dia de avaliações da equipe Virgin Racing.

AE, Agencia Estado

13 de fevereiro de 2010 | 18h49

Foi o único dia em que a equipe de Di Grassi conseguiu testar seu carro sem chuva. "Até então tínhamos andado muito pouco, e ainda assim sob chuva, o que tornava todos os parâmetros bastante imprecisos. Mas na tarde de hoje (sábado) pudemos experimentar o carro em condições de pista seca. Na nossa opinião ainda há muito o que fazer, mas o carro parece ter bom potencial. E é isso o que importa", declarou o piloto brasileiro.

Além de Di Grassi, o diretor-técnico da Virgin Racing, Nick Wirth, disse ter ficado satisfeito com os resultados deste sábado. Segundo ele, os pilotos da equipe "conseguiram obter voltas consistentes em pista seca" e "os tempos e ritmo de progresso são encorajadores já nesta fase inicial de trabalho".

O modelo VR-01, utilizado pela equipe, ficou com a nona melhor marca do dia. De acordo com Lucas Di Grassi, o trabalho está sendo bem feito, principalmente se for considerado o pouco tempo de preparação da equipe.

"O trabalho até agora durou somente oito meses. Isso é pouco para se ter um conceito sólido de desenvolvimento nas mãos. Nossos rivais têm mais de 20 anos de experiência no desenvolvimento na Fórmula 1. Acho que essa experiência conta muito a favor deles. Então nós começamos bem, sim", comentou o brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.