Luca Bruno/AP
Luca Bruno/AP

Di Grassi é o novo piloto da Audi no Campeonato Mundial de Endurance

Ex-piloto de Fórmula 1 competirá na prova 6 Horas de São Paulo, dia 15 de setembro, em Interlagos

O Estado de S. Paulo,

23 de agosto de 2012 | 16h18

SÃO PAULO -O brasileiro Lucas di Grassi, com experiência na Fórmula 1, será o piloto da Audi para correr na etapa brasileira do Campeonato Mundial de Endurance (WEC), no dia  15 de setembro, em Interlagos, São Paulo. A “6 Horas de São Paulo” é a quinta etapa do World Endurance Championship, novo formato do campeonato mundial de marcas recém-criado pela FIA, e que contempla o maior número de corridas de longa duração no mundo.

O evento é organizado pelo Automobile Club de L’Ouest, que também realiza as 24 Horas de Le Mans, um dos eventos do campeonato, do qual a Audi sagrou-se vencedora pela 11ª primeira vez neste ano, em um total de treze participações.

Serão duas estreias no mês de setembro: pela primeira vez na história, a Audi vai correr em pistas brasileiras com um protótipo esportivo de Le Mans (LMP) e, também, dará a oportunidade a um piloto brasileiro de competir na sua equipe oficial. "Estamos muito felizes em poder oferecer uma atração local ao público brasileiro, à imprensa, ao nosso importador Audi Brasil e, claro, ao FIA World Endurance Championship (WEC)", enfatiza Dr. Wolfgang Ullrich, chefe da Audi Motorsport. “Daremos ao Lucas di Grassi a oportunidade de competir em casa, como embaixador de corridas de longa duração, e lutar pela vitória no R18 ultra da Audi", completa.

Após a sua carreira no kart, Lucas di Grassi competiu na Fórmula 3 Europeia e passou para a GP2, da qual terminou como vice-campeão em 2007. Ele foi piloto teste da Fórmula 1 e, em 2010, pilotou durante o Grande Prêmio mundial. "A corrida WEC é uma grande oportunidade para, juntamente com a Audi atrair a atenção do público no meu País", diz o talentoso piloto de 28 anos de idade. "Corridas de endurance são uma categoria fascinante do automobilismo da qual, até agora, eu participei apenas de testes. Estou muito animado com a minha estreia pela Audi no WEC, ainda mais ao lado de dois grandes nomes como Allan McNish e Tom Kristensen", ressalta Grassi.

Em 2009, Di Grassi testou pela primeira vez um Audi R10 TDI, pela equipe privada Kolles. Para se preparar para a quinta rodada do WEC, di Grassi testou, no início deste mês, o Audi R18 ultra nas pistas de Lausitzring. "Ele deixou uma boa impressão e isso nos motivou a contratá-lo", diz o Dr. Ullrich.

Lucas di Grassi correrá pela Audi somente em Interlagos, com o R18 ultra número “2”. Ele será companheiro de equipe dos atuais líderes do campeonato, Tom Kristensen e Allan McNish, que disputarão como dupla as outras etapas nos circuitos de Silverstone, Bahrain, Japão e China.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.