Di Grassi é punido e perde 3.º lugar na GP2 em Mônaco

O brasileiro Lucas di Grassi foi punido e caiu do terceiro para o quarto lugar na primeira corrida da etapa de Mônaco da GP2, realizada nesta sexta-feira, dia sem atividades da Fórmula 1 nas ruas de Montecarlo. Ele e mais sete pilotos tiveram 25 segundos acrescentados ao tempo final da prova por terem passado por fora da pista na curva Saint-Devote, a primeira do circuito, após uma confusão na largada.

AE, Agencia Estado

22 de maio de 2009 | 12h37

Veja também:

linkGrosjean vence primeira corrida da GP2 em Mônaco

Além de Di Grassi, foram punidos também Nico Hulkenberg, Roldan Rodriguez, Dani Clos, Edoardo Mortara, Luca Filippi, Javier Villa e Kamui Kobayashi. Como Hulkenburg havia ficado em quarto lugar, quem herdou a terceira posição foi o austríaco Andreas Zuber, que havia chegado em quinto.

Na temporada, Di Grassi também se deu mal: agora é o sétimo colocado, com 5 pontos, atrás de Romain Grosjean (31 pontos), Vitaly Petrov (16), Jerome D'Ambrosio (13), Edoardo Montara (10), Pastor Maldonado e Zuber (ambos com 6). A única boa notícia é que na corrida deste sábado, a partir das 11 horas (de Brasília), ele larga na quinta posição, por causa do grid invertido.

Os outros brasileiros não se deram bem na prova: Luiz Razia chegou na 13.ª posição, enquanto Diego Nunes e Alberto Valério abandonaram ainda nas primeiras voltas.

Tudo o que sabemos sobre:
automobilismoGP2Lucas di Grassi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.