Di Grassi está satisfeito com o rendimento da Virgin

Para o brasileiro Lucas di Grassi, os primeiros treinos livres da Fórmula 1 no circuito de rua de Valência foram proveitosos. Ele ficou satisfeito com o rendimento de sua Virgin e acredita que poderá ter um bom desempenho no GP da Europa. A prova será realizada no próximo domingo.

AE, Agência Estado

25 de junho de 2010 | 14h55

Lucas di Grassi fez 27 voltas na pista e encerrou o dia na 22ª colocação, com o tempo de 1min43s854, a apenas 0s43 de Glock, seu companheiro de equipe, e na frente do brasileiro Bruno Senna e do indiano Karun Chandhok.

"Foi um treino normal, com uma quantidade razoável de gasolina em ambas as sessões. As atualizações que fizemos no carro surtiram efeito, e fiz um tempo bem próximo do Timo Glock, que tem um carro mais leve que o meu. O acerto está legal, mas vamos melhorar amanhã (sábado). O carro tem mais potencial, então deve vir mais tempo neste sábado", afirmou o piloto, que usou pela primeira vez seu capacete que faz referência à Copa do Mundo da África do Sul.

Quem também elogiou o carro foi o diretor técnico da Virgin, Nick Wirth. "A equipe fez um bom trabalho hoje (sexta-feira), obtendo dados consistentes sobre as novas atualizações. Acho que temos dados suficientes para conseguir um bom ajuste para a tomada e para a corrida. Espero ver progressos nas tomadas de tempo de amanhã", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP da EuropaLucas di Grassi

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.