Divulgação/Rally dos Sertões
Divulgação/Rally dos Sertões

DIA 9: Após 4.900km, edição 2019 do Rally dos Sertões conhece seus campeões

Lucas Moraes conquista o título nos carros e Tunico Maciel ganha nas motos, as duas principais categorias da competição

Redação, O Estado de S.Paulo

02 de setembro de 2019 | 11h09

A nova geração se impôs na reta final do Rally dos Sertões com vitórias impecáveis na classificação geral de motos e carros, as duas principais categorias da prova. Lucas Moraes e Kaique Bentivoglio conquistaram o título nos carros, em sua segunda participação no maior rali das Américas. Eles derrotaram os tricampeões em exercício, Cristian Baumgart e Beco Andreotti, que ficaram em segundo. "Desta vez eu perdi. Nas outras, ou eu quebrava ou eu ganhava. Hoje Lucas ganhou porque andou mais", disse Cristian.

“Um rali de muito aprendizado, um primeiro dia muito difícil, ainda nos entendendo com o carro e vendo o quanto estes monstros como Cristian, Guiga e Marcos aceleram. Fomos ganhando ritmo, tentando chegar, e na etapa maratona tivemos também um pouco de sorte com o problema que o Cristian e o Guiga tiveram. Chegamos campeões na geral em nossa segunda participação no Sertões. É incrível. Queria agradecer à X Rally, à MEM, e ganhar o Sertões conhecido como o mais longo e difícil é um sentimento muito especial”, disse o campeão Lucas Moraes.

Nas motos, o vencedor foi Tunico Maciel, campeão do ano passado também. Tinoco derrotou o companheiro de equipe Jean Azevedo, o maior campeão da história do Sertões, com sete títulos. Maciel ganhou cinco das oito etapas da prova, dominou amplamente os trabalhos e, como Lucas Moraes nos carros, não cometeu um erro sequer em oito dias de Sertões.

"Foi um trabalho duro de toda a equipe Honda Racing, tivemos dias longos e extremamente difíceis para chegar ao final com o título. Mantive o foco e a calma o tempo todo, não encostei o guidão da moto no chão em momento algum. Não tive qualquer problema com a minha Honda CRF 450RX, que mais uma vez foi fundamental para eu chegar até aqui. Foi um rali incrível", declarou Maciel, que também conquistou o título da categoria Production Aberta.

Nos UTVs, a categoria mais equilibrada de todas, a dupla vencedora foi a mais regular da prova. Denisio Nascimento e Idali Bosse, estiveram entre os três primeiros em quase todas as especiais da prova. Venceram os quatro representantes da família Varela, que em todos os dias estavam entre os mais rápidos.

“O título dos UTVs no Sertões escapou nos últimos dois anos e, agora, estávamos totalmente focados na conquista desse sonho”, garante Nascimento. “Foram quase cinco mil quilômetros, então foi preciso ter muita atenção na navegação. Havia muita informação na planilha, como advertências de perigo e mudanças de roteiro. Chegamos aqui com 100% de aproveitamento e é uma honra ser campeão dos UTVs no Sertões 2019”, complementou o navegador Idali Bosse.

Marcelo Medeiros, campeão dos quadris é talvez a exceção na narrativa de campeões derrotados pelo Sertões da nova geração de vencedores. Ele soube se impor desde o prólogo em Campo Grande. Foi superior a tudo e à todos e recebeu o troféu em Aquiraz(CE) com a maior vantagem entre todas as categorias.

"Imprimi um ritmo forte desde a primeira etapa, com segurança e consciente. Completei todas etapas sem problemas e mantive o foco, a concentração e o ritmo até o final. Foi bom chegar aqui, foi um dos mais difíceis que participei, com especiais longas, trechos com alto grau de dificuldade, mas estou feliz por ter completado e conquistado mais um título. E devo isto não só a mim, mas a toda a minha equipe, que sem eles não conseguiria chegar aqui, mas também a todo o povo do Maranhão que torceu por mim", explicou Medeiros após sua conquista.

A prova desde ano teve sua maior edição em infraestrutura, distância e participação de pilotos - 302 competidores ao todo, com largada feita na cidade de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul. O encerramento ocorreu em Aquiraz, no Ceará. Ao todo, o Rally dos Sertões passou por nove cidades, em um total de 4.900km percorridos. O Estadão contou a história diariamente da competição.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.