Srdjan Suki/EFE
Srdjan Suki/EFE

'Dia estranho' faz Massa e Alonso mostrarem cautela

Condições climáticas instáveis dificultaram capacidade de avaliação do desempenho pelos pilotos

AE, Agência Estado

26 de agosto de 2011 | 13h57

SPA- O primeiro dia de treinos para o GP da Bélgica deFórmula 1 foi marcado pela forte chuva. Apenas em um curto espaço de tempo, na segunda sessão, os pilotos puderam aproveitar a pista seca. Assim, Fernando Alonso e Felipe Massa, da Ferrari, apontaram a dificuldade em fazer avaliações dos carros para o treino classificatório deste sábado.

"É difícil conseguir tirar proveito de um dia tão estranho. Primeiro a pista estava seca, depois ficou molhada, e então ficou alternando", declarou o brasileiro. "É sempre difícil conseguir uma avaliação geral depois de um dia como este", concordou seu companheiro espanhol.

Massa conseguiu o quinto melhor tempo do dia, com 1min51s218, enquanto Alonso foi o segundo, com 1min50s461, pouco atrás do líder Mark Webber, que anotou 1min50s321. A performance agradou ao piloto espanhol, que espera um bom desempenho de seu carro na corrida deste domingo.

"Mesmo tendo pilotado poucas voltas com a pista seca, a sensação inicial é positiva. O carro está bem balanceado e não há necessidade de grandes mudanças para o resto do final de semana", avaliou. "Começamos com o pé direito. Isso é importante porque nunca é bom ter que mudar muito o carro da sexta-feira para o sábado, começando o segundo dia quase no escuro", completou.

O brasileiro concordou com a análise de seu colega, mas demonstrou preocupação com outras equipes. "Pelo que posso falar, a primeira impressão foi positiva. Temos alguns novos ajustes e vamos usá-los no final de semana, porque eles melhoraram nossa performance. Onde estamos comparados aos outros só saberemos amanhã (sábado), durante o treino classificatório", apontou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.