Pierre-Philippe Marcou/AFP Photo
Pierre-Philippe Marcou/AFP Photo

Diretor da Pirelli prevê recordes no GP de Mônaco com os novos pneus hipermacios

"Definitivamente, o hipermacio não será só um pneu para classificação e também será usado para a corrida". disse Mario Isola

Estadão Conteúdo

22 de maio de 2018 | 15h30

O GP de Mônaco deste domingo terá a estreia dos novos pneus hipermacios, da Pirelli. Nos testes realizados em Abu Dabi e em Barcelona a novidade desta temporada da Fórmula 1 mostrou que garante aos carros um segundo de vantagem por volta em relação aos ultramacios.

+ Confira a classificação da Fórmula 1

O diretor da Pirelli, Mario Isola, acredita que o circuito de rua do Principado seja o ideal para o pneu mais leve. "Acredito que veremos neste final de semana a quebra de recordes de tempo em Mônaco", comentou.

Como ele tem um desgaste diferente, Isola afirmou que a novidade pode alterar a estratégia das equipes para a corrida. No entanto, não sabe ainda como influenciará durante o Grande Prêmio. "Definitivamente, o hipermacio não será só um pneu para classificação e também será usado para a corrida. Será interessante ver como ele se adapta às demandas exclusivas de Mônaco, e que efeito isso tem na estratégia", disse.

As equipes ainda não se manifestaram como usarão esse novo pneu. De acordo com o diretor da Pirelli, as escuderias solicitaram entre oito e 11 conjuntos dos hypermacios. "Devemos ver muita correria durante o final de semana, se não chover, é claro", finalizou Isola.

PILOTO APROVA NOVO PNEU

O piloto espanhol Carlos Sainz, da Renault, elogiou a novidade para o GP de Mônaco. "É um pneu bem impressionante, eu devo dizer. Dá facilmente um segundo por volta. Deve ser algo bem especial em Mônaco. Devemos ver voltas bem velozes", comentou. "Estou preparado para ver recordes novamente. Para mim é o melhor pneu que a Pirelli produziu em muitos anos."

Os treinos livres para o GP de Mônaco começam nesta quinta-feira. Haverá uma sessão às 6h (de Brasília) e outra às 10h. No sábado haverá uma terceira sessão de treino livre, às 7h. O classificatório está programado para acontecer às 10h. A corrida será realizada no domingo, às 10h10.

Após cinco etapas disputadas nesta temporada, o inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, lidera o Mundial de Pilotos com 95 pontos, contra 78 de Sebastian Vettel, da Ferrari, que é o segundo colocado.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Pirelliautomobilismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.