Diretor promete reação da McLaren no GP da Alemanha de F1

SILVERSTONE - O resultado do GP da Grã-Bretanha de Fórmula 1, no domingo, não desanimou o chefe de equipe da McLaren. Confiante em sua permanência no cargo, Martin Whitmarsh garantiu que seus carros estarão mais competitivos na corrida da Alemanha, daqui a duas semanas.

AE, Agência Estado

11 de julho de 2011 | 15h04

"Agora temos que voltar a nossa atenção para outro circuito histórico, em Nurburgring. Vamos estar totalmente competitivos na Alemanha", prometeu o diretor, sem desanimar com o erro cometido pelos mecânicos no pit stop de Jenson Button. O pneu dianteiro direito do carro ficou solto e obrigou o abandono do piloto na segunda metade da prova.

"Nosso time nos boxes fez um trabalho fantástico durante todo o ano, mas nesta prova eles liberaram Jenson antes do momento. Foi um caso de erro humano no calor do momento. Mas não podemos esquecer que nossa equipe fez dúzias de pit stops impecáveis sob grande pressão nesta temporada", ponderou Whitmarsh.

Apesar do erro, diante da torcida inglesa, o chefe de equipe disse estar tranquilo com seu emprego. "Eu estou confiante que ficarei no cargo. Eu respondo ao conselho, e não apenas a Ron [Dennis, presidente] e eles parecem estar felizes com o meu trabalho", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.