Dixon encerra início ruim na Indy e vence em Long Beach; Castroneves fica em 2º

A péssima fase do tricampeão Scott Dixon acabou. Neste domingo, o neozelandês fez uma corrida impecável e conquistou a vitória na etapa de Long Beach da Fórmula Indy, colocando fim a mau começo de temporada, na qual havia obtido um 15º e um 11º lugar nas duas provas iniciais.

Estadão Conteúdo

19 de abril de 2015 | 19h53

O brasileiro Helio Castroneves, da Penske, que fez a pole com direito a recorde da pista, terminou na segunda colocação, seguido do companheiro de equipe, o colombiano Juan Pablo Montoya.

A Penske também garantiu a quarta colocação com o francês Simon Pagenaud, seguido do brasileiro Tony Kanaan, da Ganassi. O francês Sebastien Boudais, da KVSH Racing, fechou a lista dos seis primeiros.

O norte-americano Josef Newgarden, da CFH, terminou em sétimo, com o compatriota Marco Andretti, da Andretti, em oitavo, o colombiano Carlos Muñoz, da Andretti, em nono e o também colombiano Sebastián Saavedra fechando o Top 10.

Dixon sabia que precisava de um bom resultado na Califórnia, pois seu começo de temporada era o pior desde 2009. Ele largou na terceira colocação e na segunda volta deixou Montoya para trás.

E, na primeira parada nos boxes, voltou na frente de Castroneves. O brasileiro foi atrapalhado pelo compatriota Kanaan no momento da saída e perdeu décimos fundamentais para permanecer na ponta. Depois, Dixon tratou de administrar a corrida e garantiu sua 36º vitória na categoria.

A etapa de Long Beach manteve o colombiano Montoya na liderança do campeonato, com Castroneves na segunda colocação. A próxima prova da Fórmula Indy acontece no próximo domingo, no circuito do Alabama.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.