Gary C. Klein/AP
Gary C. Klein/AP

Dixon vence etapa de Elkhart Lake, encerra jejum e Castroneves fica em 3º na Indy

Piloto neozelandês da Ganassi conquista a primeira vitória da temporada e dispara na liderança da tabela

Estadão Conteúdo

25 de junho de 2017 | 19h06

O neozelandês Scott Dixon faturou neste domingo a vitória da etapa de Elkhart Lake da Fórmula Indy e encerrou o domínio que vinha sendo imposto pela Penske desde os treinos para esta prova nos Estados Unidos. Mais do que isso, o piloto da equipe Ganassi festejou a sua primeira vitória nesta temporada e disparou na liderança do campeonato, com 379 pontos, agora com 34 de vantagem para o segundo colocado, que é o francês Simon Pagenaud, justamente da Penske.

Pagenaud viu essa diferença aumentar ao terminar a corrida, também conhecida como etapa de Road America, na quarta posição. Já o brasileiro Hélio Castroneves, também da Penske, largou da pole conquistada no último sábado, mas teve de se contentar com a terceira posição ao final da corrida deste domingo.

E a Penske também garantiu um segundo piloto no pódio com o norte-americano Josef Newgarden alcançando a segunda colocação, assim como teve quatro dos cinco primeiros a cruzar a linha de chegada na frente ao também contar com o australiano Will Power assegurando a quinta posição.

Assim, Castroneves se aproximou da briga pela vice-liderança do campeonato ao atingir 342 pontos na terceira posição na classificação geral, ficando agora apenas três atrás de Pagenaud. Apenas o 19º e antepenúltimo colocado neste domingo depois de ter sido o causador da primeira bandeira amarela da prova ao sofrer um acidente em que decolou após passar com o seu carro da Andretti sobre a grama, o japonês Takuma Sato é o quarto colocado da classificação, com 323 pontos.

Ao vencer neste domingo terminando a prova apenas 0,57s à frente de Josef Newgarden, Dixon encerrou um jejum que durava desde setembro do ano passado, quando ganhou a etapa de Watkins Glen. Essa também foi a sua 41ª vitória na Indy, na qual agora está apenas um triunfo de se igualar ao lendário Michael Andretti como terceiro maior vencedor de corrida da história da categoria norte-americana.

O outro brasileiro do grid da Indy, Tony Kanaan, da Ganassi, acabou levando a pior em um acidente no qual se envolveu em uma batida com Alexander Rossi, da Andretti, na 44ª das 55 voltas da corrida em Elkhart Lake. Após ser tocado pelo carro do concorrente, Kanaan bateu forte no muro que fica próximo à curva 11 do circuito local, causando uma das bandeiras amarelas que paralisaram a corrida. Assim, o brasileiro terminou a prova em 21º e último lugar, e atualmente é o oitavo colocado na classificação geral do campeonato, com 273 pontos. 

Após a corrida deste domingo, que marcou a décima etapa desta temporada, a Indy voltará a contar com uma prova do seu calendário deste ano no próximo dia 9 de julho, no circuito oval de Iowa, onde os pilotos largarão para percorrer 300 voltas.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
VelocidadeFórmula Indy

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.