Chris Graythen/AFP
Chris Graythen/AFP

Dixon vence no Texas e se torna 3º maior vencedor da Indy; brasileiro leva susto

Neozelandês chega a 43 vitórias na categoria, ficando atrás apenas de A.J. Foyt e Mario Andretti

Estadão Conteúdo

10 Junho 2018 | 00h26

Pela segunda vez seguida na temporada de 2018, o neozelandês Scott Dixon venceu na Fórmula Indy. Neste sábado, o piloto da Ganassi cruzou a linha de chegada em primeiro lugar na etapa do Texas, no circuito oval de Fort Worth, e se tornou o terceiro maior ganhador na categoria. Tem agora 43 vitórias, deixando Michael Andretti para trás. Só tem os lendários A.J. Foyt, com 67, e Mario Andretti, com 52, na sua frente.

+ Vettel bate recorde, é o mais rápido em Montreal e crava pole para o GP do Canadá

Na corrida de 248 voltas, o neozelandês conquistou uma vitória inesperada com um carro que não era o melhor e, com uma estratégia certeira e grande performance nos boxes e nas relargadas, triunfou para assumir a liderança do campeonato.

A segunda colocação ficou com o francês Simon Pagenaud, que teve de aguentar a forte pressão do norte-americano Alexander Rossi na volta final, mas o local não conseguia passar por fora, como havia feito em Phoenix e nas 500 Milhas de Indianápolis, e terminou em terceiro lugar.

A lista dos 10 primeiros colocados é completada com o canadense James Hinchcliffe, o norte-americano Ryan Hunter-Reay (vencedor das 500 Milhas de Indianápolis neste ano), o também local Graham Rahal, o japonês Takuma Sato, o francês Sébastien Bourdais, o inglês Ed Jones e, por fim, o norte-americano Charlie Kimball.

Entre os brasileiros, uma péssima corrida no Texas. Tony Kanaan e Matheus Leist não completaram a prova. O primeiro teve problemas na suspensão e tocou o muro na 28.ª volta. Já o gaúcho, estreante na Indy, levou um baita susto ainda na nona volta. O seu carro começou a pegar fogo, aparentemente por um problema elétrico, e teve de sair rapidamente dele para não ser queimado.

A Fórmula Indy volta agora no próximo dia 24 para a disputa da etapa de Elkhart Lake.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.