Dobradinha brasileira fecha o ano na IRL

A prova que encerrou hoje, no Texas Motor Speedway, a temporada 2004 da Indy Racing League não poderia ter sido melhor para os dois principais pilotos brasileiros na competição. A vitória na Chevy 500 foi de Hélio Castro Neves (Penske) que, assim, obteve o único triunfo no ano. E Tony Kanaan, o campeão antecipado, chegou em segundo lugar, superando seu companheiro na equipe Andretti-Green, o inglês Dan Wheldon, pela incrível diferença de 0s0018. A prova teve vários líderes. Helinho e Tony sempre estiveram na briga pela vitória. Na volta 185, aconteceu um grave acidente entre o escocês Dario Franchitti (machucou o pé esquerdo) e o americano Alex Barron (foi levado para o hospital para exames que, segundo os médicos, não detectaram lesões graves) e a prova ficou sob bandeira amarela. A relargada ocorreu faltando apenas duas voltas para o final da prova e Helinho, que liderava, manteve a ponta para vencer. Ele largara na pole position pela quinta vez no ano, a quarta consecutiva. Tony Kanaan terminou o campeonato com 618 pontos. Dan Wheldon assegurou o vice-campeonato, com 533. O americano Buddy Rice ficou em terceiro com 485 e Helinho em quarto, com 461. Vitor Meira, quarto ontem, terminou o campeonato em oitavo, com 376 pontos. Felipe Giaffone, 11.º no Texas, foi o 20.º na classificação, 241 pontos. A temporada 2005 terá início no dia 6 de março, na pista oval de Homestead, na Flórida.

Agencia Estado,

17 de outubro de 2004 | 19h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.