Dobradinha Button-Barrichello na 1.ª fila do GP da Austrália de F-1

A novata Brawn GP garantiu uma inédita dobradinha na largada do GP da Austrália de Fórmula 1, na abertura da temporada 2009. O inglês Jenson Button e o brasileiro Rubens Barrichello fizeram o primeiro e o segundo melhores tempos no treino deste sábado, em Melbourne, e saem na frente na prova marcada para as 3 horas (de Brasília) deste domingo.

AE, Agencia Estado

28 de março de 2009 | 04h16

Parece surpresa, mas o desempenho da equipe que assumiu o lugar da Honda neste último treino só confirma a ótima fase da equipe, que andou muito bem nos testes pré-temporada que participou (apenas os últimos). O domínio da Brawn GP na pista sobre os rivais é evidente. Fez o melhor tempo na primeira sessão (1min25s006) e na segunda sessão (1min24s783), ambos com Barrichello, e também o segundo tempo, ambos com Button. Somente na terceira e decisiva sessão a situação se inverteu.

Ao lado da novata equipe inglesa, aparecem a Red Bull, com Sebastian Vettel (3.º) e Robert Kubica, da BMW (4.º). O treino deste sábado marca uma inversão histórica no grid em relação aos últimos anos. A Ferrari, de Felipe Massa, campeã mundial de construtores do ano passado, ficou para trás: ele larga em 7.º, com o finlandês Kimi Raikkonen apenas no nono lugar.

O campeão mundial Lewis Hamilton, para quem achava que a McLaren estava escondendo o jogo, teve muitas dificuldades com sua McLaren. Escapou por pouco da eliminação na primeira sessão (foi o 15.º) e, aparentemente com problemas de câmbio, sequer entrou na pista para marcar tempo (igualando sua pior posição de largada na carreira). Larga atrás no grid, justamente em 15.º, ao lado do companheiro Heikki Kovalainen (14.º).

Nelsinho Piquet não conseguiu fazer seu carro render e ficou com apenas a 17.ª posição, sendo eliminado logo na primeira etapa da classificação. "Durante todo o fim de semana tivemos problemas de acerto no carro e isso é o melhor que pudemos fazer", diz o piloto da Renault. Fernando Alonso sai na 12.ª posição.

As posições de largada e os tempos para o GP da Austrália:

1.º - Jenson Button (ING/Brawn GP), 1min26s202

2.º - Rubens Barrichello (BRA/Brawn GP), 1min26s505

3.º - Sebastian Vettel (ALE/Red Bull), 1min26s830

4.º - Robert Kubica (POL/BMW Sauber), 1min26s914

5.º - Nico Rosberg (ALE/Williams), 1min26s973

6.º - Timo Glock (ALE/Toyota), 1min26s975

7.º - Felipe Massa (BRA/Ferrari), 1min27s033

8.º - Jarno Trulli (ITA/Toyota), 1min27s127

9.º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), 1min27s163

10.º - Mark Webber (AUS/Red Bull), 1min27s246

11.º - Nick Heidfeld (ALE/BMW Sauber), 1min25s504

12.º - Fernando Alonso (ESP/Renault), 1min25s605

13.º - Kazuki Nakajima (JAP/Williams), 1min25s607

14.º - Heikki Kovalainen (FIN/McLaren), 1min25s726

15.º - Lewis Hamilton (ING/McLaren), sem tempo

16.º - Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso), 1min26s503

17.º - Nelsinho Piquet (BRA/Renault), 1min26s598

18.º - Giancarlo Fisichella (ITA/Force India), 1min26s677

19.º - Adrian Sutil (ALE/Force India), 1min26s742

20.º - Sebastien Bourdais (FRA/Toro Rosso), 1min26s964

Mais conteúdo sobre:
FÓRMULA 1GP DA AUSTRÁLIAGRID

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.