Dois pilotos morrem após acidente em prova de motovelocidade

Espanhóis Bernat Martínez e Dani Rivas faleceram no hospital

O Estado de S. Paulo

20 de julho de 2015 | 09h46

A semana começou triste para o automobilismo mundial. Duas mortes aconteceram durante uma prova da MotoAmerica, categoria do Mundial de Superbikes, no tradicional circuito de Laguna Seca, nos Estados Unidos. A prova foi disputada no domingo e os dois pilotos faleceram na madrugada desta segunda-feira.

Bernat Martínez, de 35 anos, e Dani Rivas, de 27, ambos espanhóis, não resistiram aos ferimentos após um grave acidente logo na largada da prova que envolveu diversos pilotos. A equipe médica agiu rápido e Martínez foi levado de ambulância para um hospital em Monterey, a 30km do local, enquanto Rivas seguiu de helicóptero para Salinas, a 25km.

Os dois espanhóis, porém, não resistiram e morreram no hospital. 'Eu realmente não tenho palavras para descrever o que todos nós estamos sentindo', lamentou o presidente da MotoAmerica, Wayne Rainey. Com isso, o automobilismo mundial perde três pilotos em um prazo de quatro dias, já que, na última sexta, o piloto de F-1 Jules Bianchi morreu após nove meses em coma, vítima de um acidente no GP do Japão em 2014.

CONFIRA O VÍDEO DO ACIDENTE (IMAGENS FORTES)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.