Román Ríos/EFE
Román Ríos/EFE

Dominante, Quartararo vence em Jerez e conquista 2ª vitória seguida na MotoGP

Sob forte calor, o piloto da Yamaha SRT sobrou no circuito espanhol e mostrou que deve ser um forte candidato ao título nesta temporada

Redação, Estadão Conteúdo

26 de julho de 2020 | 11h00

Uma semana depois de abrir a temporada da MotoGP com vitória na etapa de Jerez de La Frontera, na Espanha, o francês Fabio Quartararo repetiu a dose e, com uma exibição dominante, mais uma vez partindo da pole, venceu a etapa de Andaluzia neste domingo, também disputada no circuito de Jerez.

Sob um forte calor, o piloto da Yamaha SRT sobrou no circuito espanhol e mostrou que deve ser um forte candidato ao título nesta temporada. Ele fez uma corrida segura, liderando de ponta a ponta, e administrando larga vantagem sobre os oponentes na disputa pelo segundo lugar, que acabou ficando com Maverick Viñales.

O espanhol venceu a disputa com o veterano companheiro de Yamaha Valentino Rossi quando faltavam duas voltas para o fim da prova e assegurou o segundo posto. Assim, o italiano terminou em terceiro e somou seus primeiros pontos no campeonato. O quarto lugar ficou com o japonês Takaaki Nakagami, da LCR Honda.

O italiano Francesco Bagnaia, da Yamaha, vinha tendo boa performance, brigando pelas primeiras posições, mas o motor de sua moto falhou no momento em que ele ocupava a segunda colocação e teve de abandonar. Franco Morbidelli, da Ducati, sofreu um com problema parecido e também não completou a corrida.

O espanhol Joan Mir, da Suzuki, fechou a prova em quinto, seguido pelo italiano Andrea Dovizioso, da Ducati. Os espanhóis Pol Espargaro, da Red Bull KTM, e Alex Márquez, da Honda, fecharam em sétimo e oitavo, respectivamente. O francês Johann Zarco, da Ducati, terminou em nono e Alex Rins, outro piloto da Espanha, pilotando a Suzuki, completou o top 10.

Aproveitando-se da ausência do hexacampeão Marc Márquez, que fraturou o úmero do braço direito após acidente na corrida passada, chegou a participar de dois treinos livres para a etapa da Andaluzia, mas não esteve na sessão classificatória e desistiu de correr neste domingo, Quartararo vai abrindo vantagem na liderança do campeonato. O francês, que bateu na trave por vitórias na temporada passada, triunfou nas duas primeiras corridas do ano e lidera a classificação geral com 50 pontos, 10 a mais que o vice-líder Maverick Viñales. Andrea Dovizioso é o terceiro, com 26.

No sábado, quatro dias depois da cirurgia para reparar a fratura no braço, Márquez se mostrou em paz com a incapacidade de correr neste domingo na etapa da Andaluzia. Depois de fazer muito esforço para não deixar de ficar de fora da prova, ele voltou a sentir dores e não pôde competir.

"Sempre tento ouvir o meu corpo, seguir o meu instinto e lutar pela minha paixão. Meu corpo me pediu para tentar e meu corpo me pediu para parar", disse o espanhol da Honda. "Obrigado pelas mensagens de apoio. Nós vamos voltar", completou.

Após duas corridas em finais de semana consecutivos, a MotoGP dá uma pausa e retorna dia 9 de agosto com a etapa da República Checa, em Brno, a terceira corrida da temporada de 2020 e que deve contar com a volta de Márquez.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.