Dono de Indianápolis veta prova extra

Tony George, proprietário do circuito de Indianápolis, mandou um recado, neste domingo, para as equipes da Michelin, que sonhavam com uma corrida extracampeonato, este ano, em outubro, na pista norte-americana: "Não!". O dirigente disse em entrevista ao site Indystar ter preocupações maiores para resolver com Bernie Ecclestone antes de pensar em promover nova prova de Fórmula 1 no seu autódromo. Será difícil o Mundial permanecer em Indianápolis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.