Karim Jaafar/AFP Photo
Karim Jaafar/AFP Photo

Dovizioso supera Márquez e Rossi e vence prova de abertura da MotoGP de 2018

Vice-campeão na última temporada, italiano cruzou a linha de chegada 27 milésimos à frente de Marc Márquez

Estadão Conteúdo

18 de março de 2018 | 15h34

O italiano Andrea Dovizioso, da Ducati, foi o vencedor da etapa do Catar, que abriu a temporada 2018 do Mundial de MotoGP. Neste domingo, o vice-campeão do ano passado conseguiu fazer uma corrida de recuperação no circuito de Losail e, a cinco voltas do fim, ultrapassou o pole Johann Zarco para não largar mais a primeira posição.

+ Leia mais notícias sobre velocidade

+ Francês bate recorde no Catar e crava a pole para abertura da temporada de MotoGP

Dovizioso cruzou a linha de chegada em 42min34s654, apenas 27 milésimos de segundo à frente do segundo colocado, o espanhol Marc Márquez, da Honda. Zarco, que havia quebrado o recorde da pista no treino classificatório de sábado, acabou perdendo muito ritmo na parte final da prova e terminou apenas em oitavo. Completou o pódio o heptacampeão Valentino Rossi, da Yamaha.

Apesar de ter dominado os treinos livres no Catar, Dovizioso não conseguiu fazer o mesmo no classificatório e saiu na quinta posição. Na largada, o italiano perdeu ainda mais tempo e caiu para o nono lugar. Lá na frente, Zarco segurou a pole, seguido de perto por Márquez e seu companheiro de equipe, Dani Pedrosa.

A estratégia da escolha dos pneus da equipe Honda, com compostos duros no eixo dianteiro, enquanto a maioria dos pilotos optou por utilizá-los no eixo traseiro, mostrou-se favorável, especialmente nas primeiras das 22 voltas da pista. Márquez, um dos candidatos ao título do Mundial, permaneceu o tempo todo na luta pela ponta.

No oitavo giro, após ultrapassar Cal Crutchlow e Danilo Petrucci, Dovizioso já era o quarto colocado. As posições não se alteraram muito até a 11ª volta, quando Rossi, em segundo, tentou ultrapassar Zarco. Porém, além de não obter êxito, ainda perdeu posição para Márquez. No giro seguinte, acabou superado também por Dovizioso.

QUEM SEGURA?

Na 18ª volta, o francês Zarco começou a viver seu drama no Catar. Depois de liderar boa parte da disputa, entrou na reta perseguido por Dovizioso, que aproveitou a velocidade da sua Ducati para assumir a liderança. Márquez veio no embalo e também deixou Zarco no retrovisor. Valentino Rossi, logo atrás, soube aproveitar o momento da freada na curva e fez o francês perder mais uma posição.

Nos instantes finais, Márquez ainda tentou um último ataque a Dovizioso, mas o italiano controlou bem o traçado e se manteve na ponta para receber a bandeirada final e conquistar a primeira vitória na temporada. Rossi cruzou em terceiro, seguido por Cal Crutchlow, Danilo Petrucci, Maverick Viñales e Dani Pedrosa.

A próxima etapa do Mundial será na Argentina, no circuito de Termas de Rio Hondo, no dia 8 de abril.

Confira o Top 10 do grid final no Catar:

1º) Andrea Dovizioso (ITA/Ducati), 42min34s654

2º) Marc Márquez (ESP/Honda), a 0s027

3º) Valentino Rossi (ITA/Yamaha), a 0s797

4º) Cal Crutchlow (GBR/LCR Honda), a 2s881

5º) Danilo Petrucci (ITA/Pramac), a 3s821

6º) Maverick Viñales (ESP/Yamaha), a 3s888

7º) Dani Pedrosa (ESP/Honda), a 4s621

8º) Johann Zarco (FRA/Yamaha Tech 3), a 7s112

9º) Andrea Iannone (ITA/Suzuki), a 12s957

10º) Jack Miller (AUS/Pramac), a 14s594

Tudo o que sabemos sobre:
MotoGPMotoGP [motovelocidade]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.