Christian Bruna/EFE
Christian Bruna/EFE

Dovizioso vence etapa da Áustria da MotoGP em prova marcada por acidente

Italiano, que comunicou recentemente a Ducati que vai deixar a equipe no final do ano, conquistou sua primeira vitória na temporada

Redação, Estadão Conteúdo

16 de agosto de 2020 | 11h34

O italiano Andrea Dovizioso voltou a triunfar na MotoGP. O piloto da Ducati fez uma prova consistente e venceu neste domingo a etapa da Áustria, marcada por um acidente impressionante envolvendo o francês Johann Zarco e o ítalo-brasileiro Franco Morbidelli, com uma das motos quase atingindo o veterano Valentino Rossi.

Dovizioso, que comunicou recentemente a Ducati que vai deixar a equipe no final do ano, conquistou sua primeira vitória na temporada, a 15ª na principal categoria da motovelocidade. O espanhol Joan Mir, da Suzuki, terminou em segundo, e o australiano Jack Miller, da Pramac, completou o pódio no circuito austríaco Red Bull Ring.

Depois do incidente do qual Rossi escapou ileso, a corrida foi retomada para 19 voltas. Jack Miller liderou as primeiras voltas, mas foi ultrapassado por Dovizioso e, para piorar, errou na escolha de pneus macios e perdeu também o segundo posto para Mir.

O sul-africano Brad Binder, da Red Bull KTM, que venceu a última etapa na República checa, fez uma corrida de recuperação e saiu do 17º lugar no grid para fechar o percurso em quarto. Rossi superou o susto de quase ser atingido por uma das motos e terminou em quinto.

O japonês Takaaki Nakagami, da LCR Honda, garantiu a sexta colocação, seguido pelo italiano Danilo Petrucci, da Ducati, e o francês Fabio Quartararo, da Yamaha SRT, que venceu as duas primeiras provas do ano e continua na liderança do campeonato, com 67 pontos, à frente de Dovizioso, que pulou do quarta para o segundo lugar, com 56.

O espanhol Iker Lecuona, da KTM Tech 3, foi o nono colocado, ficando pela primeira vez entre os dez primeiros. Maverick Viñales fechou o top 10. Ele teve um início ruim na relargada depois do incidente.

ACIDENTE QUASE TRÁGICO

A corrida na Áustria foi marcada por um acidente que quase resultou em tragédia. No começo da prova, Johann Zarco derrubou Franco Morbidelli. As motos dos dois pilotos cruzaram a pista e por pouco não acertaram Valentino Rossi e o companheiro de Yamaha Maverick Viñales, que havia feito a pole.

A prova foi interrompida por bandeira vermelha para limpeza da pista e Morbidelli foi retirado da pista de maca, mas o piloto foi visto caminhando. Ele foi levado ao centro médico para ser submetido a exames. Zarco também deixou o local do incidente consciente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.