Ducati é a melhor nos treinos da MotoGP na Itália e Iannone faz a pole

Correndo em casa no Circuito de Mugello, a Ducati colocou dois pilotos na primeira fila da etapa da Itália da MotoGP, principal categoria da motovelocidade. Piloto local, Andrea Iannone conquistou a primeira pole position da carreira neste sábado e, de quebra, bateu o recorde do circuito, com 1min46s489.

Estadão Conteúdo

30 de maio de 2015 | 11h29

Lutando contra sua moto, o espanhol Jorge Lorenzo, da Yamaha, vice-líder do campeonato, vai largar em segundo depois de ser apenas 0s098 mais lento que Iannone. A primeira fila ainda terá outro italiano da Ducati, o experiente Andrea Dovizioso.

A grande surpresa do treino ficou pelo desempenho muito abaixo do usual do astro espanhol Marc Márquez, atual bicampeão da categoria. Confirmando os problemas da Honda no fim de semana, Márquez vai sair apenas na quinta fila, no 13.º lugar. O espanhol sequer conseguiu avançar para o Q2, a parte final do treino de classificação.

Líder do campeonato, o italiano Valentino Rossi, da Yamaha, vai sair na terceira fila, em oitavo, ao lado do espanhol Dani Pedrosa (Honda), que larga em sétimo. À frente deles no grid de largada em Mugello, às 9h (de Brasília) de domingo, estarão também Cal Crutchlow (britânico da Honda), Aleix Espargaró (espanhol da Suzuki) e Michele Pirro (outro italiano da Ducati).

Tudo o que sabemos sobre:
automobilismoMotoGPetapa da Itália

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.