Duelo contra calor no rali Mitsubishi

No Rali Mitsubishi, poeira e adrenalina fizeram "ferver" Ribeirão Preto na primeira etapa das três modalidades. Na Cup, prova de velocidade, além da disputa entre as duplas em circuito no canavial da Fazenda Gamboa, encarou-se calor de 40 graus em trajeto cronometrado de 36 quilômetros. A etapa foi muito elogiada, principalmente quanto à segurança. "A planilha estava perfeita. O diferencial desta prova é que a Mitsubishi Motors coloca os carros em condições de igualdade para competir", disse o navegador Wallace Von Schmidt.A vitória na categoria L200 RS Master foi de João Carlos Cardoso e Deco Muniz, com 43 pontos. Carlos Alberto Passarin e Fábio Peralli faturaram na L200 RS Light, com 40. Na L200 R, venceram Eduardo Leisner e José Gilberto Schefer Júnior, com 39. E na TR4 R duas duplas conseguiram o posto mais alto no pódio: Marcius Madalloso e Luciano Novoki, Sven Erwin Enock Fischer e João Luiz Stal somaram 40 pontos.Na modalidade MotorSports, prova de regularidade, a categoria Graduados terminou com duas duplas em primeiro lugar: Roque Veviurka e Alberto Minski, Luiz Fernando Ortega e Nelson Luiz Ortega empataram com 117 pontos perdidos. A categoria Turismo foi vencida por pai e filho, Antônio Carlos Rezende e Antonio Carlos Rezende Junior, com 174.Na Outdoor, competição com dois carros por equipe que mistura rali de regularidade com tarefas esportivas e culturais, venceram Alfredo Vicente Martins/Cristiano Petzinger e Eduardo Vicente Martins/Marcelo Leonardo Sacco, com 1.549 pontos. "Fomos organizados e trabalhamos coesos", afirmou Eduardo.

Agencia Estado,

10 de abril de 2005 | 19h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.