Ecclestone acha que Schumacher errou

O promotor da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, também acredita, como muita gente na Fórmula 1, que Michael Schumacher não pretendia deixar Rubens Barrichello vencer domingo o GP dos Estados Unidos. "Michael pretendia apenas que os dois carros da Ferrari cruzassem juntos, como se faz em Le Mans, mas com ele em primeiro, por esse motivo ficou tão chocado depois da corrida." Para Ecclestone, Schumacher deveria ter dito na entrevista coletiva: "Não sei se Rubens não entendeu o que eu pretendia ou simplesmente quis tirar uma comigo."O campeão do mundo de 1997, Jacques Villeneuve, da BAR, classificou como "engraçado" o que ocorreu em Indianápolis. "Não tenho certeza que o Michael planejou que o Rubens terminasse na sua frente, acho que ele foi pego sem querer." Mas independente do resultado, o canadense viu como "embaraçoso" para a Fórmula 1 esses episódios na linha de chegada.Opinião diversa tem Ecclestone: "Pelo menos o ocorrido no GP dos Estados Unidos manteve as pessoas falando da Fórmula 1 até agora." Contra essa situação de indefinições na bandeirada, Ecclestone tem uma saída: "O campeonato ser mais disputado do que tem sido, onde a Ferrari vence tudo. E tenho certeza de que 2003 será diferente."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.