Ecclestone critica todos na Ferrari

O promotor da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, não poupou críticas à Ferrari, Rubens Barrichello e até Michael Schumacher em entrevista publicada pelo tablóide inglês ?The Sun?. "Não podemos comparar Michael Schumacher com outros pilotos porque a seu companheiro de equipe não é permitido vencer. No fim, você acaba se tornando um mercenário e Rubens é um provavelmente um dos poucos pilotos contentes por seguir Michael", afirmou o dirigente.Para Ecclestone, se o outro piloto da Ferrari fosse Fernando Alonso (Renault), Juan Pablo Montoya (Williams) ou Kimi Raikkonen (McLaren), "a história seria diferente".O projeto de se disputar a sessão de classificação aos domingos, lançada por Ecclestone numa reunião em Magny-Cours, no último domingo, ganhou outro defensor de peso, Max Mosley, presidente da FIA. "A sexta-feira seria destinada a treinos livres, o sábado para a pré-classificação e o domingo teria a tomada de tempo para o grid de manhã e a corrida à tarde", explicou. Os representantes das dez equipes que disputam o Mundial têm de concordar com a proposta para ser adotada em 2004.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.