Ecclestone diz "não" a Cesar Maia

O promotor da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, foi enfático ao ser questionado pelo prefeito Cesar Maia, em encontro na última segunda-feira em Londres, sobre a possibilidade do GP do Brasil trocar São Paulo pelo Rio de Janeiro. Ele disse ?não?.O GP do Brasil fica em São Paulo até 2004, quando termina o contrato com a Prefeitura da cidade. Mas são boas as possibilidades de o compromisso ser estendido por mais cinco anos.Cesar Maia falou que Ecclestone quer ver o automobilismo nos Jogos Olímpicos. A idéia, na realidade, é do presidente da FIA, Max Mosley, que em 1996 chegou a lançar um projeto de competição com carros de Fórmula 3000. Carros, motor e pneus seriam iguais, a fim de evidenciar a habilidade do piloto.Agora, Ecclestone quer retomar o projeto, mas talvez com outro formato.

Agencia Estado,

17 de julho de 2003 | 17h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.