Michael Dalder/AFP
Michael Dalder/AFP

Ecclestone negocia para retomar GP da África do Sul em 2015

Chefão da Fórmula 1 revela que negociações para competição de automobilismo retornar ao continente estão encaminhadas

Estadão Conteúdo

19 de dezembro de 2014 | 16h13

Bernie Ecclestone revelou nesta sexta-feira que está negociando para retomar o GP da África do Sul no calendário da Fórmula 1. A categoria não realiza uma prova no país africano desde 1993.

"Estamos no meio de uma negociação para tentar correr novamente na África do Sul. Costumávamos ter uma corrida lá e seria legal voltar a correr naquela parte do mundo", declarou o chefão da F1 em entrevista à agência russa R-Sport.

O retorno ao país sul-africano já havia sido cogitado em 2011, em uma possível corrida de rua na Cidade do Cabo. Mas as autoridades locais descartaram a prova, por causa do barulho causada pelos carros da F1.

O GP da África do Sul era sediado no Circuito de Kyalami, próximo à cidade de Johannesburgo. O local recebeu 20 corridas, entre 1967 e 1993. Além do local, o único país do continente que recebeu provas da F1 foi o Marrocos, em 1958.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.