Em 12.º, Barrichello reclama de tráfego no treino

O brasileiro Rubens Barrichello começou bem o treino para o GP da Hungria, neste sábado. Ficou entre os primeiros na primeira parte e parecia estar em condições de brigar pelas primeira posições. No entanto, teve dificuldades na segunda sessão e, por pouco, ficou de fora da disputa pela pole.

AE, Agência Estado

31 de julho de 2010 | 15h04

Ao fim do treino, o piloto da William atribuiu a queda de rendimento ao tráfego intenso da segunda sessão. "A primeira parte da classificação foi ótima, passei numa boa. Mas no Q2 [segunda parte] havia muito trânsito, todo mundo estava parando", reclamou o brasileiro, que sairá em 12.º lugar no grid.

"Não consegui colocar o pneu na temperatura certa. Na volta que valia, o carro saía muito de traseira e não dava para tirar o pé", lamentou Barrichello, em entrevista à Rede Globo. Eliminado na segunda sessão, o brasileiro viu o companheiro de equipe, Nico Hulkenberg, avançar à última sessão. O alemão, porém, não conseguiu ir além do 10.º posto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.