Vincent Phoon/AP
Vincent Phoon/AP

Em dia de tragédia em Sepang, Quartararo é pole e Márquez larga apenas em 11º

Em prova preliminar pela Talent Cup da Ásia, piloto indonésio Afridza Munandar, de apenas 20 anos, morreu em decorrência de grave acidente

Redação, Estadão Conteúdo

02 de novembro de 2019 | 10h26

Em dia de tragédia em Sepang, o francês Fabio Quartararo alcançou a pole na etapa da Malásia da MotoGP, neste sábado, com a equipe Yamaha ditando o ritmo dos treinos classificatórios e deixando o já campeão Marc Márquez para trás no grid. Em prova preliminar pela Talent Cup da Ásia, o piloto indonésio Afridza Munandar, de apenas 20 anos, morreu em decorrência de grave acidente.

No qualificatório do evento malaio, Márquez chegou a cair durante o Q2 e ficou apenas em 11º, na quarta fila, após sofrer com o domínio das motos de Quartararo, do compatriota Maverick Viñales, segundo colocado, e do italiano Franco Morbidelli que sairá em terceiro na prova deste domingo.

Enquanto isso, Quartararo anotou 1min58s303 para chegar à sua quinta pole na temporada. "É, sem dúvida, uma das poles mais especiais. Estamos na casa da equipe", comemorou o francês, que evitou falar sobre a estratégia frustrada de Márquez, que consistia em tentar aproveitar o vácuo de sua moto após a parada para os boxes. A tentativa acabou em queda do hexacampeão mundial na sequência.

O espanhol, por sua vez, não escondeu a insatisfação com a posição no grid. "Estou mais irritado por largar em 11º do que pela queda", disse ele, antes de admitir sobre seu erro: "Acho que forcei demais. Fabio mudou de direção, tentei segui-lo e saí voando".

O clima de competição na categoria principal daria lugar ao de consternação pela morte de Afridza Munandar, ocorrida na sequência do dia em Sepang. O piloto indonésio sofreu uma grave queda à altura da curva 10 do circuito, ainda na primeira volta da prova da Talent Cup da Ásia.

Levado imediatamente de helicóptero ao hospital de Kuala Lumpur, capital malaia, Munandar, que acumulava duas vitórias na temporada, acabou não resistindo aos ferimentos e faleceu.

Momentos depois, a Federação Internacional de Motociclismo (FIM) teve nota publicada no Twitter oficial da MotoGP. "Estamos profundamente tristes em anunciar que o piloto da Asia Talent Cup Afridza Munandar faleceu após se envolver em um acidente durante a corrida 1 da ATC em Sepang. Estendemos as condolências à família e amigos de Munandar", afirmava o texto.

A largada da 18ª e penúltima etapa da temporada de MotoGP está marcada para acontecer às 4h deste domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.