Max Rossi/Reuters
Max Rossi/Reuters

Em Mônaco, Massa volta a ter esperanças e se diz otimista

Brasileiro se disse satisfeito: 'Hoje senti logo que as coisas iam bem. Evidentemente conheci melhor a pista'

Ansa

21 de maio de 2009 | 13h32

MONTECARLO - O piloto brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, disse estar otimista com o Grande Prêmio de Mônaco do próximo domingo, após ter ficado na quinta colocação nesta quinta-feira nos primeiros treinos livres.

Veja também:

link Hamilton e Massa ensaiam recuperação em Mônaco

tabela F-1: classificação do Mundial

especial Confira o calendário da temporada

especial ESPECIAL: jogue o Desafio dos Pilotos

"Antes eu não gostava desse circuito, hoje, por outro lado, gosto muito", comentou o piloto após os treinos de hoje. Na primeira sessão, Massa ficou com a segunda posição, somente atrás do também brasileiro Rubens Barrichello, da Brawn GP.

O piloto da Ferrari lembrou que na temporada passada conseguiu fazer a pole position no circuito. "Hoje senti logo que as coisas iam bem. Evidentemente conheci melhor a pista. Não será fácil fazer a pole, mas espero conseguir brigar por ela", destacou.

O brasileiro se disse satisfeito com o resultado do dia. "É difícil falar das melhoras, hoje houve uma disputa entre várias equipes. Estamos entre os primeiros e isto é um bom sinal". Massa destacou ainda que os pneus macios renderam melhor, "mas os traseiros sofreram um pouco depois de dez voltas".

Sobre o desentendimento que teve com o piloto italiano Giancarlo Fisichella, da Force Índia, Massa disse apenas que "ele deve entender que aqui é Mônaco. Encontrei um piloto parado na minha frente e freei. Ele teve que fazer o mesmo e reclamou comigo", explicou o brasileiro, provocando em seguida: "ele quer a pista toda para ele?".

Em seu pior início de temporada, a Ferrari recupera seu ânimo em Mônaco, onde Massa subiu ao pódio em 2007 e 2008. No domingo, a escuderia italiana entrará nas pistas com mudanças em seu modelo F60, que promete melhorias no desempenho.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Felipe MassaFerrari

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.