José Sena Goulao/ EFE
José Sena Goulao/ EFE

Em Portimão, Miguel Oliveira se torna primeiro português a conquistar pole na MotoGP

Largada para o GP de Portugal está marcada para 11h deste domingo

Redação, Estadão Conteúdo

21 de novembro de 2020 | 13h00

Não haveria lugar melhor para um piloto português conquistar a primeira pole position para o país na história da MotoGP. Neste sábado, o feito foi alcançado por Miguel Oliveira no Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão, palco da etapa de Portugal, a última das 14 previstas para a temporada 2020.

Para assegurar a pole position, Oliveira, da KTM Tech3, cravou o tempo de 1min38s892 na sua última volta lançada na fase decisiva do treino de classificação. O piloto português, inclusive, não só fez uma pole inédita como largará pela primeira vez na sua carreira da fia principal do grid. Ele é o décimo colocado no campeonato, mas já venceu uma prova em 2020, a etapa da Estíria.

Quem mais se aproximou de Oliveira nesta sexta-feira foi o italiano Franco Morbidelli, que fez o tempo de 1min38s936 com a sua Yamaha SRT, ficando a apenas 0s044 do pole position - apenas os dois fizeram voltas em menos de 1min39 na sessão classificatória em Portimão.

O australiano Jack Miller foi 0s146 mais lento do que o português e vai largar com a sua Pramac Ducati da terceira posição. O britânico Cal Crutchlow, da LCR Honda, o francês Fabio Quartararo, da Yamaha SRT, e o alemão Stefan Bradl, da Honda, compõem, em ordem, a segunda fila do grid da corrida portuguesa.

Já a terceira tem o francês Johann Zarco, da Avintia Ducati, o espanhol Maverick Viñales, da Yamaha, e o compatriota Pol Espargaró, da Ducati. Campeão antecipadamente, o espanhol Joan Mir, da Suzuki, teve um dia ruim e largará apenas da 20.ª posição entre os 22 participantes.

A etapa de Portugal da MotoGP tem largada prevista para as 11 horas (de Brasília) deste domingo no Autódromo Internacional do Algarve.

Tudo o que sabemos sobre:
automobilismoMotoGP [motovelocidade]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.