Em Silverstone, vitória de 2008 dá motivação a Lewis Hamilton

Piloto britânico venceu na época correndo de McLaren, Lewis lembra que colocou uma volta de diferença até no terceiro colocado

Agência Estado

27 de junho de 2014 | 18h13

O inglês Lewis Hamilton corre em casa na próxima etapa da temporada da Fórmula 1, o GP da Inglaterra, no dia 6 de julho, em Silverstone, onde o atual piloto da Mercedes diz ter disputado uma das melhores provas de sua carreira, em 2008, ainda pela McLaren, na única vitória que conquistou no circuito.

Naquele ano, com pista molhada, Hamilton venceu com uma margem tão larga que, no final da corrida, tinha uma volta de vantagem sobre todos até o terceiro colocado, o brasileiro Rubens Barrichello. "Acredito que terminei a prova com 60 segundos de vantagem (68 precisamente) para o segundo carro, o que é irreal. Eu nunca poderia ter sonhado com uma corrida como aquela, especialmente em casa. Aquele sempre será um dos melhores momentos da minha carreira", revelou.

Hamilton destacou a força que a torcida inglesa passa para os pilotos ''de casa''. "Os fãs britânicos são os melhores do mundo e é tocante ver milhares de pessoas torcendo por você independente do clima ou do seu resultado. Eu adorei levantar aquele troféu dourado frente aos meus conterrâneos e estou determinado a fazê-lo de novo este ano", afirmou.

Sobre o segundo lugar conquistado no último domingo, no GP da Áustria, Hamilton se disse feliz por ter ajudado sua equipe a conquistar a conquistar a sexta dobradinha em oito corridas da temporada - seu colega de Mercedes, o alemão Nico Rosberg, ganhou a prova -, mas mostrou desapontamento com o fato de ter se distanciado um pouco mais da liderança entre os pilotos, ocupada pelo próprio Rosberg.

"No final, chegar em segundo foi positivo em termos de controle de danos, mas pessoalmente não era o resultado que eu queria", revelou o piloto inglês, lembrando que errou na parte final do treino de classificação no circuito de Spielberg e largou apenas em nono lugar, o que o obrigou a fazer uma corrida de recuperação para terminar no pódio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.