Émerson dispara a quase 300 por hora

Dia 28 de julho de 1996: nas 500 Milhas de Michigan, circuito mais veloz do mundo, Émerson Fittipaldi sofreu o seu mais grave acidente nas pistas, com Hogan-Penske, pondo fim à sua longa e brilhante carreira, na Fórmula Indy e na Fórmula 1. Segunda-feira, dia 12 de agosto de 2002: Emerson volta a acelerar para valer um carro de corrida ? desta vez um Lister-Jaguar, de 650 cavalos de potência, carro campeão do mundo FIA GT em 2000 ? num autódromo que, apesar de ser seu velho conhecido, o atual traçado representava grande novidade, Interlagos. ?Foi a primeira vez depois de Michigan?, falou o piloto, visivelmente emocionado. Leia mais no Estadão

Agencia Estado,

14 Agosto 2002 | 09h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.