Emerson erra feio no palpite

Definitivamente o ex-piloto Émerson Fittipaldi não deve ser consultado quando o assunto é palpite. Hoje, quando chegava ao autódromo de Interlagos, ele era categórico ao afirmar que o pódio do GP do Brasil seria formado pelo alemão Michael Schumacher, o colombiano Juan Pablo Montoya e o brasileiro Rubens Barrichello. Desses, apenas o piloto da Ferrari terminou a prova, em segundo lugar. Para mostrar que suas chances de acertar na loteria são realmente pequenas, ele ainda emendou um comentário. "Acredito muito num bom desempenho do Rubinho na prova de hoje."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.