Vincent Thian/AP
Vincent Thian/AP

Empresário descarta acerto de Raikkonen com Red Bull

Cotado para assumir a vaga de Webber, finlandês encerrou negociações com equipe

AE, Agência Estado

19 de agosto de 2013 | 13h25

LONDRES - Kimi Raikkonen não correrá pela Red Bull em 2014, garantiu o empresário do finlandês nesta segunda-feira. Segundo Steve Robertson, o piloto da Lotus já encerrou as negociações com a Red Bull, que não terá mais o australiano Mark Webber a partir do próximo ano. Agora, o piloto Daniel Ricciardo, também da Austrália, é o principal favorito para formar dupla com Sebastian Vettel em 2014.

"É verdade. Kimi não vai pilotar pela Red Bull em 2014. Tivemos algumas conversas, mas um acerto não vai acontecer", declarou Steve Robertson, empresário de Raikkonen, em entrevista à Autosport. O agente já havia anunciado o fim das negociações ao jornal finlandês Turun Sanomat.

Com contrato com a Lotus somente até o fim deste ano, Raikkonen era o principal favorito a assumir o lugar de Webber a partir de 2014. A própria Red Bull havia confirmado o interesse em contar com o finlandês. A equipe até antecipara que a vaga estava entre o finlandês e Daniel Ricciardo, da Toro Rosso, espécie de equipe satélite da Red Bull.

Após descartar o acerto entre Raikkonen e a Red Bull, Robertson manteve a indefinição sobre o futuro do piloto. Ele avisou que o finlandês tem poucas chances de seguir na Lotus.

"Estamos muito confiantes de que Kimi estará na Fórmula 1 no ano que vem. Há opções, e digo assim no plural mesmo. E continuo a conversar com as equipes. Espero ter alguma coisa definida em um futuro não muito distante", revelou o empresário, fazendo mistério.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1RaikkonenRed Bull

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.