Enge vence na F3000 e reabre disputa

O checo Tomas Enge, da equipe Arden, venceu neste sábado o GP da Grã-Bretanha, em Silverstone, sétima etapa do Campeonato Intercontinental de Fórmula 3000, e reabriu a disputa pelo título da temporada, que parecia quase definido já com o francês Sebastien Bourdais, da SuperNova, segundo colocado neste sábado. O Brasil também teve piloto no pódio: o paranaense Ricardo Sperafico, da Petrobras Júnior, classificou-se em terceiro.As duas vitórias seguidas de Bourdais, em Mônaco e em Nurburgring, diante de apenas um terceiro lugar de Enge nessas etapas, sugeriam que o jovem, veloz e técnico piloto francês fosse definir logo a conquista do título. Neste sábado, no entanto, Enge liderou de ponta a ponta as 30 voltas da corrida na Inglaterra, depois de largar na pole position também, e diminuiu para apenas nove pontos a diferença dele para Bourdais, 40 a 31. Restam ainda os GPs da França, próxima prova, dia 20, Alemanha, Hungria, Bélgica e Itália.Ricardo Sperafico teve um início de campeonato difícil, com a equipe Petrobras Júnior, e não marcou pontos nas quatro primeiras etapas. Com a terceira colocação deste sábado, já são três provas entre os seis primeiros e o segundo pódio consecutivo. Mas ele está longe da luta pelo título, na oitava colocação, com 12 pontos. Seu companheiro de equipe, o amazonense Antonio Pizzonia, piloto de testes da Williams, foi o quinto, mesma colocação na classificação geral, com 15 pontos.Rodrigo Sperafico, irmão gêmeo de Ricardo, da equipe Durango, terminou o GP da Grã-Bretanha em nono. Ele ainda é o brasileiro melhor colocado no campeonato, com 16 pontos, em quarto, resultado da vitória na abertura da temporada, em Interlagos, e do segundo lugar na etapa seguinte, em Ímola. Depois não esteve mais entre os seis primeiros. O Brasil ainda teve na corrida de Silverstone Alexandre Sperafico, primo dos irmãos gêmeos, da equipe Minardi Júnior, na 16ª colocação. Os dois outros representantes, Mario Haberfeld, da Astromega, e Ricardo Mauricio, Red Bull, colidiram na 19ª volta e abandonaram a corrida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.