Equipe de Boesel vence Mil Milhas

Campeão Mundial de Pilotos de Esporte-protótipos pela Jaguar, em 1987, Campeão Brasileiro de Stock Car, em 1980, e agora campeão das Mil Milhas. Raul Boesel, em parceria com Flávio Trindade e Régis Schuch, venceu hoje a 30ª edição da prova, disputada em Interlagos, com um Porsche 911 GT3, motor 3.6 com resposta de 420 cavalos de potência. Foi a sexta vitória da marca alemã na mais tradicional corrida do calendário brasileiro, a segunda seguida da equipe Stuttgart Porsche."É divertido disputar uma prova como essa, em que profissionais e amadores se reúnem", falou Boesel. "Eu já corri e venci as 24 Horas de Daytona, onde também acontece de um apaixonado por automobilismo comprar um carro e colocá-lo na pista." Sua experiência em provas longas foi decisiva. "Levei alguns sustos, é verdade, mas não foi fácil manter a concentração." O problema para o time da Porsche é que o seu adversário mais próximo, a escuderia do apresentador de TV Otávio Mesquita, Letícia Ricci e Cláudio Ricci, com um protótipo AS Vectra GM, motor 2,0 litros (240 cavalos), cruzou em segundo 26 voltas atrás.O trio vencedor completou as 374 voltas da corrida em 11 horas, 50 minutos, 55 segundos e 130 milésimos, enquanto a equipe de mesquita fez 348 voltas. O pódio foi completado pelo time de Fernando Parara, Sérgio Clemente, Maurício Seraphin e Thiago Beilstrein, com um protótipo Aldee Spyderm com motor VW AP 2.0 (216 cavalos), com 342 voltas. Alguns dos principais times favoritos tiveram problemas. O de Alcides Diniz, Jemie Campbell Walter e Belmiro Junior, com o melhor carro das Mil Milhas, Lister Storm, com motor V-12 Jaguar, e mais de 600 cavalos, abandonou ainda com 11 voltas, depois de largar na pole position. A alegação, não compreendida por muita gente, foi que os pneus do carro ficaram retidos na alfândega.O segundo colocado no grid, a equipe de Nelsinho Piquet, com o protótipo Beach Park, com motor VW AP 2.0 turbo (290 cavalos) liderou a prova com a desistência de Diniz, mas durante a madrugada quebrou o câmbio. Outro favorito era o protótipo-BMW (290 cavalos) da escuderia Hollywood, onde estava o maior vencedor da corrida, Zeca Giaffone, e seu filho Felipe, piloto da IRL. Quebrou o motor.Confira os 5 primeiros colocados nas Mil Milhas:1) Regis Schuch/Flávio Trindade/Raul Boesel (Stuttgart Porsche) ? 11h50m55s.2) Otávio Mesquita/Cláudio Ricci/Letícia Zanete (AS Vectra) - 11h51m003) Parra/Tiago/Sergio Seraphim (Centauro Express Aldee 2.0) - 11h52m35s4) Vanderlei Reck/Junior Reck (Power Trans ? Aldee Spyder 2.0) ? 11h52m43s5) Nilo Caruso/ Alvaro Candido/Caludio Ferreira/Sá (Rocar) - 11h53m00.

Agencia Estado,

27 de janeiro de 2002 | 12h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.