Equipe erra e Nasr perde terreno para o líder da GP2

Piloto tinha oportunidade de se aproximar de Stefano Coletti

LIVIO ORICCHIO - ENVIADO ESPECIAL, O Estado de S. Paulo

06 de julho de 2013 | 14h18

NURBURGRING - Uma hora a equipe de Felipe Nasr, a Carlin, acerta a estratégia. Mas pode ser muito tarde já para ele manter suas chances de lutar pelo título da GP2. Neste sábado, no circuito de Nurburgring, Nasr reunia todas as condições para reduzir a diferença que o separava do líder do campeonato, o monegasco Stefano Coletti, da Rapax. final largava em 5.º e Coletti, em 13.º

Mas como terminou a primeira corrida da sexta etapa do campeonato? Coletti no pódio, em terceiro, somando 15 pontos, e Nasr num distante nono lugar, apenas 2. Por quê? A prova teve 32 voltas e já na sexta, a primeira da janela dos pit stops, a equipe chamou Nasr para substituir os pneus. 

Chegou a ocupar a segunda colocação, mas obviamente na parte final da competição Nasr estaria se arrastando nos 5.148 metros do traçado alemão, como aconteceu. E um a um os adversários o ultrapassavam com facilidade.

Em alguma etapas, este ano, parar antes nos boxes garantiu vantagem importante no resultado na corrida, enquanto em outras a melhor estratégia era estender o período de permanência na pista, a exemplo da edição de hoje. Pois a Carlin errou em quase todas com Nasr.

A consequência desse despreparo na definição da estratégia é Coletti chegar a 135 pontos enquanto o piloto de Brasília, a 100. A diferença entre ambos era de 22 pontos. Agora, 135. Pior: pelo critério de grid invertido da GP2 entre os oito primeiros, Coletti vai largar amanhã em sexto e Nasr, nono, o que pode permitir ao monegasco ampliar sua vantagem ainda mais.

O vencedor da etapa deste sábado na Alemanha foi sueco Marcus Ericsson, da DAMS, campeã no ano passado com Davide Valsecchi, atual piloto reserva da Lotus, e em 2011 com Romain Grosjean, titular da Lotus. Ericsson tem apenas 36 pontos no campeonato. A largada da segunda corrida da GP2 em Nurburgring, amanhã, será às 5h35, horário de Brasília.

Tudo o que sabemos sobre:
velocidadeesportesgp2

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.