Equipe Renault de F1 admite fraude e Briatore deixa a equipe

A Renault não irá contestar as acusações de arranjos nos resultados de corrida, afirmou a escuderia em comunicado nesta quarta-feira.

REUTERS

16 de setembro de 2009 | 08h42

O chefe da equipe da Renault de F1, Flavio Briatore, e o engenheiro chefe, Pat Symonds, deixaram a equipe, segundo o comunicado.

(Reportagem de Alan Baldwin)

Tudo o que sabemos sobre:
FIRENAULTBRIATORESAI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.