Arquivo/AE
Arquivo/AE

Equipe Renault pode utilizar Kers no GP da Itália

Na sétima colocação do Mundial de F-1, time francês prepara sistema de recuperação de energia para vencer

Agencia Estado

26 de agosto de 2009 | 11h45

SÃO PAULO - A Renault revelou a possibilidade de voltar a utilizar o Kers (sistema de recuperação de energia cinética) no GP da Itália, que será disputado em 13 de setembro. Bob Bell, diretor-técnico da escuderia francesa, acredita que o sistema pode melhorar o desempenho do R29 no circuito de Monza.

Veja também:

tabela F-1: classificação do Mundial

mais imagens GALERIA DE FOTOS - Imagens da corrida

especial ESPECIAL: jogue o Desafio dos Pilotos

forum BLOG DO LIVIO - Leia mais sobre a F-1

"Continuamos introduzindo melhorias no R29 e para as próximas corridas teremos um pacote aerodinâmico com pouco downforce. Não temos planos para utilizar o Kers em Spa, mas consideramos para Monza porque cremos que poderia nos dar certa vantagem", explicou.

Bell avisou que a Renault não vai lutar por vitória no GP da Bélgica. "É um circuito [Spa] técnico que apresenta uma grande variedade de desafios com setores rápidos e outros mais lentos. Não teremos o carro mais rápido porque o R29 ainda carece de um melhor comportamento em todas as áreas", justificou.

Tudo o que sabemos sobre:
automobilismoFórmula 1RenaultKers

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.