Ernesto Viso volta às pistas após acidente na GP2

Piloto venezuelano é aprovado no exame médico e deve disputar a etapa da Alemanha da categoria

EFE

19 de julho de 2007 | 15h42

O venezuelano Ernesto Viso, que escapou ileso de um grave acidente no circuito francês de Magny-Cours em 30 de junho, voltará às pistas este fim de semana, para as corridas da GP2 na Alemanha, em Nürburgring. A informação é do pai do piloto, que disse que Ernesto foi aprovado nos exames para poder voltar à competição.  Imagens do acidente de Viso na França Viso, da equipe Racing Engineering, sofreu um violento acidente logo na volta inicial da primeira corrida da terceira etapa da GP2. Seu carro voou na pista após tocar o alemão Michael Amermüller, da ART Grand Prix. O veículo do venezuelano, de 22 anos, voou em alta velocidade, girando, acima de um dos muros do circuito. Viso foi internado imediatamente num hospital de Nevers para a realização de uma série de testes, mas recebeu alta no dia seguinte, pois não tinha nada. Na etapa seguinte, em Silverstone, ele foi substituído pelo português Filipe Alburquerque. Por outro lado, o francês Sebastien Buemi será o substituto do alemão Michael Ammermüller nas duas próximas etapas da GP2, automobilismo - além de Nürburgring, na Hungria. Ammermüller, da ART Grand Prix, terá que descansar pelas próximas quatro corridas para recuperar-se de uma lesão no pulso, que sofre desde a corrida de abertura, no Barein. Buemi já substituiu Ammermüller em Mônaco, acabando na sétima posição. O alemão só somou um ponto até agora na temporada.

Tudo o que sabemos sobre:
GP2Ernesto Viso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.