Alexander Nemenov / AFP
Alexander Nemenov / AFP

'Estava tudo controlado', lamenta Norris ao deixar escapar a vitória na Rússia

Piloto liderava a corrida e não quis parar para trocar pneus quando começou a chover; acabou ultrapassado por Hamilton

Redação, Estadão Conteúdo

26 de setembro de 2021 | 14h03

Lando Norris foi o grande derrotado do dia no GP da Rússia. Pole position, o piloto da McLaren liderava com folga a corrida quando a chuva surgiu em Sochi, restando seis voltas. Na frente, o jovem inglês resolveu permanecer na pista, apostando que conseguiria levar o carro até o fim. A chuva aumentou e ele acabou prejudicado com o piso encharcado. "Estava tudo controlado", lamentou.

Curiosamente, foi uma troca de pneus que garantiu a pole position à McLaren. No sábado, Norris apostou em pneus macios para dar a volta mais rápida. Com a troca de Hamilton, seu principal perseguidor neste domingo, ele podia repetir a atitude que sairia vencedor.

"Não sei por onde começar", iniciou um Norris emocionado e triste por terminar no sétimo lugar. "Obviamente estou infeliz, de certa forma devastado. Tomei uma decisão tanto quanto a equipe. Na verdade, eles achavam que eu deveria lutar mais, então, pensei que ficar na pista era o caminho a percorrer", enfatizou.

Mesmo com mas primeiras gotas de chuva, Norris achava que a situação estava controlada em Sochi e não imaginava que a pista ficaria molhada rapidamente. Por isso, preferiu permanecer na corrida ao invés de entrar para um pit stop final, como fez Hamilton. Entrou apenas quando não conseguia mais pilotar o carro.

"Eu estava com muita confiança", afirmou. "Eu sabia que era capaz de fazer isso (manter a liderança e vencer), me sentia capaz de fazer, mesmo quando ficou complicado no final. Cometi alguns erros, mas ainda mantive Lewis para trás e comecei a me afastar um pouco", falou, sobre o começo da chuva, quando saiu da pista e voltou na frente.

"Quando começou a garoar, eu ainda tinha tudo sob controle. Depois ficou complicado para nós, pois por algum motivo, não vimos o quanto de chuva ia cair de repente. Não fui avisado disso, não sabia, e tomei a minha decisão sobre a informação que recebi sobre a garoa", afirmou, também culpando a equipe.

"Não é o resultado que queríamos no final, eu poderia ter vencido a corrida e não venci, então não estou feliz, pois tomamos as decisões erradas. Mas pelo lado positivo, acho que consegui alguns pontos e Daniel [Ricciardo, o quarto) também fez um bom trabalho, então para a equipe ainda é um dia decente."

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1MclarenLando Norris

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.