Ex-mulher de empresário de Schumacher afirma que alemão não fala e só se comunica com os olhos

Antiga companheira de Flavio Briatore, Elisabetta Gregoraci afirma que ex-piloto é mantido vivo em um hospital caseiro montado pela família

Redação - O Estado de S.Paulo

Você pode ler 5 matérias grátis no mês

ou Assinar por R$ 0,99

Você pode ler 5 matérias grátis no mês

ou Assinar por R$ 0,99

Você leu 4 de 5 matérias gratuitas do mês

ou Assinar por R$ 0,99

Essa é sua última matéria grátis do mês

ou Assinar por R$ 0,99

A modelo italiana Elisabetta Gregoraci, ex-mulher do empresário Flavio Briatore, disse nesta quinta-feira que o heptacampeão mundial de Fórmula 1 Michael Schumacher só se comunica com os olhos e é mantido sob cuidados graças a um hospital montado dentro da casa da família. Elisabetta teve informações sobre o alemão porque o ex-marido, Briatore, foi empresário de Schumacher e é um grande amigo do ex-piloto.

Os detalhes foram revelados durante conversa de Elisabetta na versão italiana do reality show Big Brother. Ao ser questionada por um colega da casa sobre o estado de saúde de Schumacher, a modelo afirmou que o alemão recebe poucas visitas. "Ele não fala. Ele se comunica com os olhos e apenas três pessoas podem ir vê-lo", disse a modelo, que foi casada com Briatore e 2008 a 2017.

Schumacher sofreu acidente de esqui no fim de 2013, na França Foto: Alessandro Bianchi/Reuters

Segundo Elisabetta, a família de Schumacher deixou a Suíça para morar na Espanha. "Eles se mudaram para a Espanha e sua esposa fez um hospital na casa", revelou. Schumacher sofreu um grave acidente de esqui em 2013, enquanto esquiava em Méribel, no sul da França. O ex-piloto teve graves lesões cerebrais e desde que deixou o hospital, as informações sobre o estado de saúde dele têm sido mantidas sob sigilo.

A mulher de Schumacher, Corina Betsch, revelou recentemente que o marido continua reagindo lentamente ao tratamento. O filho do casal, Mick Schumacher, tem se destacado na atual temporada da Fórmula 2, mas também evita comentar informações sobre o estado de saúde do pai.

Maior campeão da história da Fórmula 1, Schumacher somou sete títulos mundiais e 91 vitórias. No entanto, pode ser superado pelo inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, ainda neste ano. O piloto está a uma vitória de igualar o alemão e é o favorito para vencer a temporada deste ano e chegar, assim, à sétima conquista.

Tudo o que sabemos sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato