Carlos Guimarães/AE - 25/1/2007
Carlos Guimarães/AE - 25/1/2007

Ex-piloto de Fórmula 1, Luiz Pereira Bueno morre aos 74 anos

Campeão em diversas provas, ele lutava contra um câncer de pulmão há cerca de um ano

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

08 de fevereiro de 2011 | 13h56

SÃO PAULO - Morreu na manhã desta terça-feira, aos 74 anos, em Atibaia, no interior de São Paulo, o ex-piloto Luiz Pereira Bueno, segundo informação confirmada pelo seu próprio site oficial.

Luiz lutava contra um câncer de pulmão há cerca de um ano. O velório será em Atibaia e o corpo cremado no cemitério da Vila Alpina, na zona leste de São Paulo.

Ele começou sua carreira em 1958 nas Mil Milhas Brasileiras, em Interlagos, ao lado de Bird Clemente. Integrou o departamento de competições da Willys Overland do Brasil desde o seu início.

Além de Luiz e Bird Clemente, José Carlos Pace, Wilson Fittipaldi Júnior, Emerson Fittipaldi, Chico Lameirão e Carol Figueiredo integravam a equipe.

O ex-piloto venceu no País as provas de Mil Milhas, 24 horas, 500 km, 1000 km, 12 horas, 3 horas de velocidade e foi campeão brasileiro por cinco vezes, em 1967, 1968, 1972, 1973 e 1975.

Luiz chegou a disputar duas provas de Fórmula 1, ambas realizadas no Brasil. Na primeira, em 1972, correu por um carro da equipe March, formando dupla de equipe com Ronnie Peterson, em uma corrida que não valeu para o campeonato. Ele terminou em sexto lugar, sendo o último a cruzar a linha de chegada, após largar em décimo.

Em 1973, ele participou da prova brasileira realizada em Interlagos, em São Paulo, guiando pela equipe Surtees e tendo José Carlos Pace como seu parceiro de escuderia. Na ocasião, com problemas no carro, fechou a prova em 12.º lugar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.