Paulo Whitaker/Reuters
Paulo Whitaker/Reuters

Ex-rei da Espanha afirma que Alonso irá para a McLaren

Juan Carlos I conta ter se encontrado com o piloto e dito que o bicampeão do mundo está feliz em retornar para a escuderia inglesa

O Estado de S. Paulo

24 de novembro de 2014 | 17h51

O destino do piloto Fernando Alonso na Fórmula 1 deve mesmo ser a McLaren. Em entrevista a um canal de televisão espanhol o rei da Espanha entre 1975 e 2014, Juan Carlos I, disse ter ouvido do bicampeão mundial a confirmação para qual equipe deve dirigir no ano que vem, já que está de saída da Ferrari depois de cinco temporadas.

"Eu queria apoiar Fernando na última corrida dele (pela Ferrari). Estivemos juntos e ele me disse que vai para a McLaren e está muito feliz", contou. Questionado sobre a entrevista de Juan Carlos, o piloto desconversou. "Não posso discordar do rei, ele está sempre certo", disse.

Apesar das especulações, ainda não houve um posicionamento oficial nem da equipe inglesa e nem do piloto. A McLaren prometeu que irá anunciar a sua dupla apenas em dezembro e a principal dúvida é sobre Jenson Button. O experiente piloto pode deixar a Fórmula 1 e se juntar ao australiano Mark Webber no Mundial de Endurance.


A Ferrari vai contar no próximo ano com o finlandês Kimi Raikkonen e o alemão Sebastian Vettel, que fez neste domingo, no GP de Abu Dabi, a despedida pela Red Bull. Caso retorne para a McLaren, será a segunda passagem de Alonso pela equipe inglesa. Em 2007, o espanhol terminou a temporada na terceira colocação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.