Exames descartam complicações na clavícula esquerda de Dani Pedrosa

MADRI - O piloto espanhol Dani Pedrosa, da Honda, não está com complicações na clavícula esquerda, segundo os exames médicos aos que foi submetido, informou sua equipe nesta quarta-feira.

24 de março de 2011 | 10h02

"Pedrosa passou por uma revisão médica quando voltou de Doha para buscar resposta às dores que sentia no braço esquerdo durante o Grande Prêmio do Catar", informou um comunicado.

"Foi diagnosticado um pequeno estiramento, que está melhorando progressivamente", afirmou a Honda.

Pedrosa, por sua vez, se mostrou surpreso com as dores. "Sinceramente não esperava que meu braço estivesse assim ainda, porque na pré-temporada não senti tantas dores e pensei que o problema estivesse resolvido", declarou o piloto.

Dani Pedrosa foi o terceiro colocado na primeira corrida do Mundial de 2011, em Doha.

Tudo o que sabemos sobre:
MotoGPDaniel Pedrosavelocidade

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.