Exposição traz de volta emoções de Senna

A maior exposição sobre a vida e carreira de Ayrton Senna, no Brasil e no mundo, será aberta sábado ao público. A Senna Experience ficará no mínimo três meses no Shopping Eldorado, na Capital, ocupando uma área de 2 mil m². Mais do que carros, troféus e fotos, simuladores darão ao público uma idéia do que Senna sentia ao pilotar nas pistas de Interlagos e Mônaco. Viviane Senna, presidente do Instituto Ayrton Senna e irmã do tricampeão de F-1 (88-90-91), disse hoje, em coletiva,que o evento é mais um sonho realizado. "Nosso objetivo não é só disponibilizar o acervo enorme para pessoas que nunca viram de perto um carro de Fórmula 1 e os troféus do Ayrton.Assim como ele, queremos ir além. Queremos que os visitantes sintam o que ele sentia nas pistas, de uma maneira interativa e tecnológica", diz Viviane. "Também queríamos que as pessoas pudessem viver o mundo dele como homem, herói, mito. Os três objetivos da exposição são: disponibilizar um acervo inédito, disponibilizar uma interatividade nunca vista e mostrar os valores que estavam por trás do Ayrton, como garra, determinação e ousadia." Pela primeira vez, três carros que Senna pilotou estarão reunidos em uma mostra. A McLaren de 1990 e a Lotus amarela de 1987 já estão expostas, mas a Lotus de 1986, preta e dourada, está chegando da Europa junto com Bernie Ecclestone, o promotor da F-1. Antes do GP do Brasil, dia 24, Bruno Senna, sobrinho de Ayrton e também piloto, dará uma volta em Interlagos numa homenagem ao tio. Para Viviane, mãe de Bruno, este deve ser um dos momentos mais emocionantes da prova que fecha a temporada. "Só de pensar na Lotus preta e dourada, linda, em Interlagos, com o Bruno pilotando... Haja coração. Ele tem um capacete amarelo muito parecido com o que o Ayrton usava, então eu o proibi de usar e mandei pintar de outra cor. Pintaram de vermelho. Mas o Bernie me convenceu a deixar o Bruno correr de amarelo, que não soaria como se ele quisesse tomar o lugar do Ayrton." A presidente do IAS chorou quando questionada sobre qual ambiente da exposição ela prefere. "Isso é difícil de responder. Imagens com movimento e principalmente falas do Ayrton mexem muito comigo. Por exemplo, quando o vejo pequenininho, saindo do kart, indo sozinho para a Inglaterra e lembrando que ele comia ovo mexido, ovo frito, ovo cozido... lembrando daquela determinação e disciplina para vencer. Mas acho que cada sala tem uma maneira diferente de tocar as pessoas." O investimento da exposição é de R$ 4,2 milhões, e segundo Viviane, já existem convites para a mostra seguir para França, Portugal, Bélgica e outras cidades brasileiras. Dependendo do movimento em São Paulo, a Senna Experience poderá ficar na cidade por mais de três meses. A capacidade é para 2 a 3 mil pessoas por dia. A exposição está dividida em 16 ambientes, e toda a verba arrecadada com a bilheteria e venda de produtos licenciados será destinada ao IAS, que já trabalhou com quase 4 milhões de crianças e adolescentes. Senna Experience - Shopping Eldorado (Avenida Rebouças, 3.970, piso G4). Terças e quartas, das 13h às 19h; quintas e sextas, das 13h às 21h; sábados, domingos e feriados, das 11h às 21h. Ingressos a R$ 10 nos dias de semana e R$ 14 nos sábados, domingos e feriados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.