F-1: Alonso não quer saber de badalação

O espanhol Fernando Alonso afirmou, nesta segunda-feira, que não quer saber de badalação no GP do Japão de Fórmula 1, que será disputado neste final de semana, por causa da conquista do título mundial desta temporada com duas corridas de antecedência. O piloto da Renault quer ?trabalhar como sempre?. ?Quando chegar ao Japão, sei que toda a atenção estará voltada para mim, haverá uma multidão de câmeras e de perguntas sobre o campeonato que conquistei, mas quando entrar no carro trabalharei como sempre, com o mesmo interesse?, disse Alonso, em entrevista ao site oficial da Renault. A maior preocupação de Alonso para as duas últimas corridas da temporada é com o Mundial de Construtores - a Renault ainda briga com a McLaren pelo título. ?Ainda faltam outra corrida e outro campeonato a vencer. Acho quefomos os melhores nesta temporada e vamos lutar 100% para ganhar ocampeonato mundial de construtores?, comentou. Antes de viajar para o Japão, Alonso recebeu a notícia de que a Prefeitura de Oviedo, sua terra natal, aprovou a concessão do título de ?Filho Predileto? da cidade. Os políticos consideraram que o piloto tem direito a homenagem por ser um exemplo de como conquistar ?os objetivos mais difíceis com inteligência, tenacidade e, sobretudo, com fé na vitória?.

Agencia Estado,

03 de outubro de 2005 | 12h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.