F-1: GP Brasil será monitorado por TV

O GP do Brasil de Fórmula 1, pela primeira vez, será monitorado por um circuito fechado de televisão, com câmeras instaladas em todos os portões do autódromo de Interlagos e as imagens serão acompanhadas pela polícia civil. Ao todo, cerca de mil policiais garantirão a segurança da corrida do dia 24 de outubro, dentro e fora do circuito paulista. Os detalhes foram acertados hoje depois de uma reunião entre o promotor da prova, Tamas Rohonyi, da International Promotions, com o secretário adjunto da Segurança Pública, Marcelo Martins de Oliveira, o Coronel José Roberto da Polícia Militar e o diretor do Dird - Departamento de Identificação e Registros Diversos - Elson Alexandre Sayão. "Vamos ter um grande dispositivo policial no autódromo com o auxílio também da Polícia Feminina e policiais com motocicletas. A Secretaria de Segurança determinou um esquema especial com ampla cobertura do evento", diz Rohony. Quase não restam ingressos para o GP Brasil de Fórmula 1, a dez dias da corrida. Segundo a LRC Promoções, que trabalha em parceria com o telemarketing do evento, restam apenas bilhetes para os setores A e G e os ingressos especiais. "Esses bilhetes são os chamados VIPs, que variam entre US$ 745 (perto de R$ 2.230) e US$ 2.740 (R$ 8.220)", explica Luís Roberto Coutinho Nogueira, da LRC. "Este ano, pela primeira vez, teremos a arquibancada E, perto da curva do S do Senna. Quem pagar R$ 1.550 pelos três dias, não precisará se locomover para comer porque haverá um sistema de bufê." Os ingressos mais caros, voltados principalmente para o público do Exterior, para os três dias, são os do Padock, a US$ 2.470; Interlagos Club, a US$ 1.310; e Orange Club, que custa US$ 745. Segundo Coutinho, 70% desses bilhetes já foram vendidos. "Nesses três setores, o público pagante tem direito a visitação dos boxes. O Interlagos Club fica perto da curva do laranja, e o Orange Club, na curva do Laranjinha", conclui Coutinho. Mais informações no (11) 3071-2888.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.