F-1: pássaro interrompe o último dia de treino da Toyota

Não foi como o planejado o último dia de treinos do alemão Ralf Schumacher com sua Toyota no Circuito de Jerez de la Frontera, na Espanha. O piloto, que pretendia acertar alguns detalhes em seu veículo, foi obrigado a encerrar a sessão antes do previsto por causa de um pássaro.Em sua 60.ª volta na pista, Ralf acabou se chocando contra uma ave. Como conseqüência, ele teve de retornar aos boxes para recuperar o carro, que sofreu alguns danos. O alemão deveria ter dado um número de voltas parecido com o seu companheiro Jarno Trulli, que completou o traçado de Jerez por 123 vezes.Este foi o último treino da equipe antes do início da temporada, que acontecerá no dia 18 de março, com o Grande Prêmio da Austrália, no Circuito de Melbourne. No ano passado, a Toyota foi a sexta colocada no Mundial de Construtores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.